Início > Suplementos nutricionais > Nutrição cerebral > Natural Nootropics Formula
Natural Nootropics Formula

Natural Nootropics Formula

60 Cáps. veg.
Fórmula nootrópica para estimular a atividade do cérebro
  • Melhora a memória de trabalho, a atenção, a concentração e o desempenho intelectual.
  • Ajuda a suportar as tarefas repetitivas e fastidiosas.
  • Estimulante intelectual de efeito rápido.
19.00 € - 70 %
5.70 €
(6.51 US$)
Data limite de utilização ideal 30/03/2019
juntar ao cesto
O termo "nootrópico" refere-se a substâncias diversas, tanto medicamentosas como nutricionais, cuja característica essencial é permitir uma melhor adaptação às condições de vida facilitando diariamente a motivação, a tomada de decisões e, sobretudo, melhorando todos os fenómenos cognitivos e neurosensoriais.

• As substâncias nootrópicas são calmantes ou relaxantes, capazes de suprimir determinadas inibições, sem serem excitomotoras. Os nootrópicos naturais encontram-se em doses significativas no café ou no chocolate preto, por exemplo, o que explica o seu acentuado efeito euforizante e estimulante.
• A par das substâncias naturais, inúmeras especialidades farmacêuticas são prescritas neste âmbito (nomeadamente os “racetams” nas suas diferentes formas e a dihidroergotoxina) para melhorar as neurotransmissões GABAérgicas, colinérgicas e glutamatérgicas e, assim, facilitar a aprendizagem e a velocidade de tratamento da informação intra e interhemisférica.
• Natural Nootropics Formula é uma fórmula totalmente natural que agrupa ingredientes nootrópicos cuja actuação sinérgica está comprovada.

A feniletilamina para um bem-estar emocional rápido
• A feniletilamina é um alcalóide monoamina – uma neuroamina endógena – sintetizada naturalmente no cérebro a partir de um aminoácido essencial, a fenilalanina.
• Encontra-se em concentração fraca no cacau, e consequentemente no chocolate preto, mas também numa alga azul-esverdeada, a Aphanizomenon flos-aquae (a Klamath).
• Por via oral, transpõe facilmente a barreira hemato-encefálica e fica rapidamente disponível no cérebro, onde aumenta a concentração de norepinefrina (um estimulante natural) e, sobretudo, de dopamina, estimulando os neurónios dopaminérgicos. Por conseguinte, a sua toma cria um sentimento de bem-estar muito rápido.
• Esta substância, qualificada de “droga do amor” por ser produzida com mais abundância no cérebro quando se vivencia uma felicidade intensa ou se discute um assunto de forma apaixonada, exerce uma forte acção antidepressiva. A sua concentração é também muito mais elevada no cérebro dos corredores de fundo, o que poderia explicar os efeitos antidepressivos dos exercícios de resistência.
• Visivelmente ausente nos indivíduos deprimidos, ela constitui um tratamento natural e fisiológico da depressão. Na verdade, em 60% dos casos, ela alivia os depressivos no prazo de poucas horas ou poucos dias, tal como o Prozac®, mas – sobretudo – sem contra-indicações nem habituação ou efeitos secundários. Melhora o humor mais rapidamente que as anfetaminas e é também particularmente eficaz nos casos de depressões bipolares.
• A feniletilamina é também estudada pelos seus efeitos na redução do apetite – decorrentes dos seus efeitos moduladores na dopamina – e como tratamento da síndroma de défice de atenção.
• É também útil para os indivíduos saudáveis que desejem melhorar os seus desempenhos intelectuais, a sua empatia, a sua libido e as suas predisposições amorosas.
• Nesta fórmula inovadora, a sua biodisponibilidade é melhorada e a sua acção é reforçada pela hordenina, a cafeína e a L-teanina.

A L-teanina
• Está amplamente comprovado que o consumo de chá, quer seja verde ou preto, fornece ao organismo antioxidantes protectores. Mas o que ainda não é do conhecimento geral é que existe nas folhas de chá um aminoácido – denominado L-teanina – que se revela muito útil para relaxar o corpo sem originar qualquer fenómeno de sonolência.
• Esta molécula foi isolada por cientistas japoneses em meados do século XX e vários estudos mostraram rapidamente que este composto propicia simultaneamente o relaxamento e a vigília. Na realidade, a L-teanina exerce uma acção positiva nas ondas de impulsos eléctricos do cérebro, mais especificamente na geração de ondas alfa – as que são produzidas, por exemplo, durante uma massagem ou um banho quente. Não provoca sonolência dado que a sua toma não produz ondas teta.
• A L-teanina não induz o sono mas influencia a libertação no cérebro de vários neurotransmissores: dopamina, serotonina e GABA, que criam uma sensação de relaxamento, modulam o humor e propiciam um estado de bem-estar.
• Não possui um efeito verdadeiramente sedativo, mas melhora a qualidade do sono que se torna mais profundo, sem aumentar a sua duração nem provocar uma sensação de "visão turva" ao acordar.
• A toma desta substância poderia também, em algumas pessoas que se sentem constantemente cansadas sem que qualquer doença seja responsável por essa fadiga, melhorar esta percepção. A toma de 200 mg diários de L-teanina durante uma semana evidenciou não só uma aumento das ondas alfa, como também uma diminuição dos níveis de fadiga, sobretudo nos indivíduos mais ansiosos.
• Além disso, segundo alguns estudos realizados com roedores, esta substância agiria na concentração, na vigília mental, nas faculdades de aprendizagem e na memória. Em situações de muito stress a sua toma permitiria melhorar a capacidade de aprendizagem e de memorização.

A cafeína
• A cafeína pertence à família das metilxantinas. Está presente de forma natural em mais de sessenta plantas, como o café, o chá, o cola, o guaraná e a erva-mate. Um café “de filtro” contém em média 50 mg de caféina por chávena. Uma vez ingerida, a cafeína é rapidamente absorvida na íntegra ao nível do tubo digestivo e distribuída pelo organismo. É metabolizada ao nível do fígado, essencialmente pelo citocromo P450, e desmetilada em paraxantina, teobromina e teofilina. Transpõe facilmente a barreira hemato-encefálica e actua principalmente como antagonista competitivo dos receptores da adenosina, A1 e A2A.
• Trata-se portanto de um estimulante do sistema nervoso central, através das redes adrenalina e noradrenalina, que aumenta os níveis de vigília, a actividade intelectual e a criatividade, a concentração, a atenção e a memorização.

A hordenina
• A hordenina, ou dimetilaminoetil fenol, é um alcalóide da classe das feniletilaminas extraída dos rebentos de cevada.
• Esta substância propicia a libertação de noradrenalina e, por conseguinte, melhora a vigília, a atenção e a aprendizagem. Assemelha-se à feniletilamina e à cafeína, cujos efeitos potencia significativamente.
• Origina um recobrar da energia e, nos desportistas, permite também melhorar os desempenhos. Além disso, pela sua acção no metabolismo, contribui para uma melhor queima das gorduras de reserva.

A toma de apenas duas cápsulas por dia de Natural Nootropics Formula garante um aporte ideal de substâncias nootrópicas naturais que permitem fazer face às situações de stress, optimizar os processos cognitivos e criativos e conservar uma motivação e uma vigília activas.
Dose diária: 2 cápsulas
Número de doses por caixa: 30
Quantidade por dose
Cloridrato de feniletilamina 500 mg
L-teanina 200 mg
Anidro de cafeína 100 mg
Cloridrato de hordenina 50 mg
Outros ingredientes: celulose microcristalina, estearato de magnésio, dióxido de silício.

Adultos. tomar uma cápsula duas vezes por dia.
Teor elevado de cafeína.

Também disponível em Super-Nutrition:

ruptura temporária
Uma alternativa segura e eficaz às benzodiazepinas

38.00 €

120 ml
Precursores da hormona do crescimento: fórmula exaustiva e verdadeiramente equilibrada

11.70 €

120 comprimidos

Uma forma de lítio biodisponível, com eficácia comprovada

25.00 €

90 Cáps. veg.
Ácido beta-fenil-gama-aminobutírico
Utilizado na Rússia há mais de 50 anos para aliviar o stress.

39.00 €

60 Cáps. veg.

Artigos consultados recentemente

Gratuito

Obrigado pela sua visita; antes de partir

INSCREVA-SE NO
Club SuperSmart
E beneficie
de vantagens exclusivas:
Continuar as minhas compras